O Projeto de Viabilidade refere-se à análise das pré-condicionantes para desenvolvimento de um projeto e edificação. São passadas pelo cliente suas pretensões de projeto para determinada área. A partir daí é feita uma análise da legislação vigente e do terreno, considerando suas dimensões e topografia, afim de definir as configurações projetuais viáveis para investimento, demonstrando as principais características do empreendimento.

A primeira etapa no desenvolvimento de um Projeto de Viabilidade é o Levantamento de Dados. Trata-se de um dossiê contendo todas as informações necessárias sobre a área em questão e os desejos/restrições do cliente, afim de construir a base necessária para o desenvolvimento do Estudo de Viabilidade.

A segunda etapa é o Estudo de Viabilidade, onde são descritas as possíveis configurações projetuais para a área em questão, considerando todas as informações reunidas na fase de Levantamento de Dados e as principais exigências contidas no programa de necessidades. É apresentado ao cliente para que o mesmo possa direcionar a escolha da melhor opção.

Após a escolha da melhor opção, entra-se na etapa final, o Empreendimento Viável. Nesta etapa tem-se a definição da melhor opção entre as contidas no Estudo de Viabilidade. No entanto, existe a possibilidade dos Estudos mostrarem que não há Empreendimento Viável. Significa que ao considerar as características físicas e econômicas do mesmo, este não foi compatível com os desejos e exigências do cliente. Dessa forma, sugere-se o não desenvolvimento do mesmo.